a gazola na segunda guerra mundial

 

 

Pelo decreto-lei de 10 de dezembro de 1942, assinado por Getúlio Vargas, a indústria Gazola Travi & Cia é declarada “de interesse militar”. Passa a fornecer peças e elementos de munição para artilharia e infantaria, espoletas, detonadores, petardos e bujões para bombas de aviação, além de atuar na recuperação de carregadores para projéteis e outros objetos de guerra e precisão.

 

A responsabilidade deste compromisso é grande e exige aumento de espaço. Em um amplo terreno de 30 mil m², devidamente arborizado e adaptado junto a nascente BR-116, é estabelecida a segunda unidade industrial da empresa.

 

Surge, em 1942, a chamada fábrica do subúrbio: longe do centro da cidade e destinada exclusivamente à produção de material bélico.

O recém-construído prédio da fábrica de material bélico da Gazola Travi & Cia, na BR-116. Data: 1942. Autoria: Studio Geremia, acervo Memorial Gazola.

Peças para armamentos Brandt produzidas pela Indústria Metalúrgica Gazola, Travi Ltda. Data: anos 1940. Autoria: desconhecida. Imagem gentilmente cedida pelo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami.

Espingardas junto a munições produzidas pela Indústria Metalúrgica Gazola, Travi Ltda. Data: anos 1940. Autoria: desconhecida. Imagem gentilmente cedida pelo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami.

Granadas de morteiro. À esquerda, a versão final, À direita, o modelo com corte esquemático, cujo detonador (ao centro) era produzido pela Indústria Metalúrgica Gazola, Travi Ltda. Data: década de 1940. Autoria: Studio Geremia, acervo Memorial Gazola.

Ogivas ou projéteis antitanque produzidos pela Indústria Metalúrgica Gazola, Travi Ltda. Data: década de 1940. Autoria: Studio Geremia, acervo Memorial Gazola.

Funcionários durante jornada de trabalho na fábrica de material bélico da Gazola Travi & Cia. Ltda. Data: 1943. Autoria: Studio Geremia, acervo Memorial Gazola

Funcionários durante jornada de trabalho na seção de embalagem de material bélico da Gazola Travi & Cia. Ltda. Data: 1943. Autoria: Studio Geremia, acervo Memorial Gazola

Funcionários durante jornada de trabalho na seção de embalagem de material bélico da Gazola Travi & Cia. Ltda. Data: 1943. Autoria: Studio Geremia, acervo Memorial Gazola

© 2017 por Memorial Gazola

Senso Comunicação Integrada

Rod. BR 116, 1018 - Petrópolis
Caxias do Sul - RS 

(54) 3041-1511

  • Videos
  • Facebook